Blog

Associação Projecto Vitó prepara produção de dez mil plantas endémicas

São Filipe, 29 Out (Inforpress) – São Filipe, 08 Fev (Inforpress) – A associação de conservação e uso sustentável dos recursos, Projecto Vitó, em parceria com associação de Montado Nacional de Cabeça Fundão, começou a preparar a produção de dez mil plantas endémicas para a campanha de reflorestação.

O director executivo do Projecto Vitó, Herculano Dinis, disse à Inforpress que a produção de plantas endémicas para a campanha de reflorestação enquadra-se no projecto “melhorar o conhecimento pela conservação das espécies da flora ameaçadas de extinção” nas ilhas do Fogo e Brava, financiado pelo Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos (CEPF).

Neste momento está-se na fase de recolha de sementes e preparação do viveiro na localidade de Achada Furna para a produção das plantas, que serão afixadas nas áreas degradadas do Parque Natural do Fogo (PNF).

No ano passado a associação produziu cinco mil plantas, que foram afixadas, e este ano a previsão é para o dobro, dez mil plantas endémicas como língua de vaca (Echium vulcanorum), fruncho (Tornabenea bischofii), cravo-brabo (Erysimum caboverdeanum) e dragoeiro (Dracaena draco), que serão afixadas após a queda de chuvas.

O projecto, segundo o director executivo, foi alargado para mais um ano.

JR/AA

Inforpress/Fim

EnglishFrenchGermanPortuguese